Pontos Turísticos

Rio de Janeiro (RJ)

Principais ícones cariocas, o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar são passeios obrigatórios para quem vem ao Rio de Janeiro. Em ambos os cartões-postais, as paisagens descortinadas mostram o porquê da cidade ter o título de "maravilhosa". Em terra firme, construções como o Maracanã e a Cidade do Samba revelam a magia do futebol e do carnaval.

Cristo Redentor

Principal cartão-postal da cidade, o Cristo Redentor foi eleito pelos cariocas como a "Maravilha do Rio". O monumento fica no alto do morro do Corcovado, a 700m de altitude, onde um mirante panorâmico descortina grande parte do Rio de Janeiro. Inaugurada em 1931, a imagem do Cristo Redentor é considerada a maior estátua em estilo art-déco do mundo. Visível de diversos pontos da cidade e confeccionada em pedra-sabão, tem 30 metros de altura, 28 metros de uma extremidade à outra e pesa 1.145 toneladas.

Pão de Açúcar

A emoção do passeio ao Pão de Açúcar começa bem antes de se chegar ao topo do morro, a 400 metros acima do nível do mar. A aventura tem início com a viagem de bondinho, um teleférico envidraçado que apresenta detalhes e ângulos únicos da perfeita geografia carioca. A primeira parada é feita no Morro da Urca, a 220 metros de altitude. Dali, avista-se a Baía de Guanabara e a Enseada de Botafogo. Na segunda e última parada, o visual panorâmico apresenta, além da baía, grande parte da orla da Zona Sul e de Niterói. No verão, vale a pena subir ao Pão de Açúcar no final do dia para curtir o pôr-do-sol ou à noite, para ver as luzes da cidade e badalar no Noites Cariocas - shows com grandes nomes da música brasileira.

Maracanã

Depois de uma gigantesca reforma, o novo Maracanã foi reaberto em abril de 2013. Mais que um monumento esportivo, o estádio é um atrativo cultural e turístico, recebendo visitantes até mesmo em dias em que não há jogos. Para os apaixonados por futebol há tours guiados que conduzem à beira do gramado, arquibancadas, vestiário, tribuna de honra, sala de imprensa, Hall da Fama - onde estão as marcas dos pés de jogadores famosos - e ao Museu do Futebol, com fotos e imagens das mais belas jogadas feitas no maior estádio do mundo.

Logo após a Copa do Mundo de 2014 o estádio ganhou mais atrações: o uniforme usado por Garrincha na conquista do bi da Copa do Mundo em 1962, no Chile; e espaços em que o visitante pode experimentar a sensação de cobrar um pênalti e escutar os sons produzidos pelas torcidas, o "Maracasom". Há ainda uma maquete impressa em 3D e loja com produtos do Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama além, da seleção brasileira. O passeio pode ser feito na companhia de um guia ou com audioguia (disponível em português, espanhol e inglês).

Santa Tereza

Um dos cenários mais pitorescos do Rio de Janeiro, Santa Teresa fica no alto de uma colina recortada pelos trilhos do bondinho elétrico*, que voltou a circular por um pequeno trecho do bairro em julho 2015 (depois de 4 anos parado). Repleta de largos e espaços culturais que revelam paisagens das zonas Norte, Sul e Centro, ‘Santa’ é tomada por sobrados que abrigam ateliês, lojinhas de artesanato, bares e restaurantes. Um dos prédios mais importantes é o Convento de Santa Teresa, erguido no século 19 e que deu nome ao bairro. Quem optar por chegar até lá a pé, partindo da Lapa, terá a oportunidade de conhecer a mais famosa escadaria da cidade - a Selarón, com 215 degraus recobertos de mosaicos de cerâmica nas cores verde, amarelo e azul. A escada foi batizada com o nome do artista plástico chileno que assina a obra.

Cidade do Samba

Mais novo atrativo turístico carioca, a Cidade do Samba garante o clima de Carnaval o ano inteiro. O parque temático ocupa uma área de 114 mil metros quadrados na zona portuária e abriga os galpões das principais escolas de samba do Rio de Janeiro. Através das oficinas é possível acompanhar de perto a produção de carros alegóricos e de fantasias. Nas noites de quinta-feira, um espetáculo dirigido pelo coreógrafo Carlinhos de Jesus reúne passistas, ritmistas, baianas e casais de mestre-sala e porta-bandeiras terminando com um mini-desfile de Carnaval.

Sambódromo

Inaugurado em 1984 e batizado como Avenida dos Desfiles, o Sambódromo recebe visitantes o ano inteiro, que se contentam em apreciar a passarela do samba, de apenas 700 metros, completamente vazia. A Praça da Apoteose serve de pano de fundo para as fotografias de recordação.

Mirante Dona Marta

A 360 metros de altitude, o mirante descortina o Pão de Açúcar, o Maracanã, a Baía de Guanabara e o Cristo Redentor. O acesso de carro é feito pela Estrada das Paineiras. Prefira ir nos finais de semana, quando o movimento de pessoas é maior.

Vista Chinesa

A construção em estilo oriental fica a 380 metros de altura em meio à Floresta da Tijuca, descortinando uma das mais bonitas vistas da cidade, tendo o Cristo, a Lagoa, o Pão de Açúcar e as praias da zona Sul como pano de fundo.

Centro de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

A tradicional Feira de São Cristóvão ganhou nova roupagem, mas a animação continua a mesma. O espaço de 34 mil metros quadrados oferece 700 barracas padronizadas, dois palcos para shows, praça de repentistas, estacionamento e banco. De segunda a quinta, funciona apenas para almoço de comidas típicas, mas de sexta a domingo a programação é ininterrupta.