Pontos Turísticos

Bonito - MS

Bonito seria uma pacata cidadezinha do interior se, em meados dos anos 70, o peão de uma fazenda não tivesse descoberto um buraco no chão. Dentro do buraco de 72 metros de profundidade - batizado de abismo Anhumas - havia um imenso lago de águas cristalinas tomado por estalactites. Aos poucos, o tal buraco, a encantadora gruta da Lagoa Azul, as cachoeiras e os rios incrivelmente transparentes e repletos de peixes coloridos ganharam fama e infraestrutura turística, tornando a região, na década de 90, uma espécie de Disney ecológica

FLUTUAÇÃO

  Na nos rios da região é como mergulhar em um aquário, tamanha a visibilidade que alcança dezenas de metros. A sensação é garantida graças à composição       puramente calcária das rochas onde nascem os rios.  A correnteza suave, que não carrega barro ou terra, conduz os visitantes à flutuação sobre graúdos dourados,     pintados e piraputangas. Basta colocar uma máscara e um snorkel para  confirmar  que Bonito é lindo até debaixo d´água. 

  O passeio começa com uma trilha interpretativa de 1.800m, onde o visitante pode observar uma grande variedade de palmeiras, bromélias, árvores nativas,     pássaros de todas as cores e tamanhos e  até animais como cotias, macacos pregos e tatus. Após a caminhada, inicia-se o mergulho livre de 2.200 m pelas águas     cristalinas cheias de troncos submersos, tufas calcárias e espeleotemas que formam o maravilhoso mundo submerso do Rio Formoso. As corredeiras, sem dúvida,     são o auge deste passeio. É um passeio de flutuação diferente, onde o visitante sentirá toda a liberdade do rio como se fosse um peixe.

 

ABISMO ANHUMAS

Um buraco no chão é a porta de entrada para o abismo de 72 metros, iluminado por fendas entre as rochas. Lá embaixo, um lago gigantesco de águas transparentes e 80 metros de profundidade ganha cores ora verde esmeralda, ora azul anil, dependendo da intensidade da luz. A única maneira de chegar no lago é fazendo um rapel em meio a salões contornados por estalactites e estalagmites de diversos tamanhos e formatos. Um deck flutuante serve de base para o passeio de bote para contemplação das formações. Debaixo d´água, as formações continuam surpreendendo. Para fazer mergulho autônomo é preciso ser credenciado. Quem não é, se encanta praticando snorkeling. A aventura exige preparo físico.

GRUTA DA LAGOA AZUL

O visual incrível da gruta reúne um lago cristalino de águas azuis com 90 metros de profundidade e 120 metros de largura; e rochas calcárias tomadas por estalactites e estalagmites. Para chegar até lá, vence-se com facilidade e emoção os quase 300 degraus de uma escadaria rústica. O tombamento como monumento natural, feito pelo Iphan em 1978, garantiu a preservação do principal cartão-postal de Bonito, que tem o número de visitantes diários rigorosamente controlado. A melhor época para visitação é entre dezembro e janeiro, pela manhã, quando o sol incide diretamente na entrada da gruta, tornando o azul da água ainda mais intenso. 

 

   RAFTING NO RIO FORMOSO

     O passeio de bote no Rio Formoso é um passeio divertido e que agrada todos os gostos. O frio na barriga das corredeiras, as brincadeiras de água com outros botes,    a beleza do verde     da mata ciliar, e os momentos de descontração garantem bons momentos para crianças, jovens, e adultos! A base do passeio (Balneário Ilha do    Padre) inclui locais para banhos de rio e     cachoeiras, redário, lanchonete, gramado, e muito verde! O passeio dura em torno de uma hora e meia e fica à 12 km do    centro de Bonito.

 

PARQUE ECOLÓGICO RIO FORMOSO

Reúne várias atrações: trilha de 1,8 km e flutuação no Rio Formoso; cavalgadas; boia-cross; mountain bike e mergulho. A compra de qualquer um dos passeios dá direito a passar o resto do dia na lagoa do parque, com tirolesa, caiaque, stand up paddle e pedalinho.

GRUTA DE SÃO MIGUEL

Antes de começar a aventura, um vídeo explica o processo de formação da gruta. Em seguida, caminha-se por uma trilha suspensa de 180 metros até a principal abertura, onde é comum avistar araras, morcegos e corujas albinas. Dentro, estalactites, estalagmites, cortinas e as curiosas pérolas de cristais de calcita chamam a atenção. O circuito completo dura uma hora.

PRAIA DA FIGUEIRA

Bonito também tem praia! Na verdade, é uma lagoa de 60 mil metros quadrados, mas com características que remetem ao litoral, como os quiosques de sapê e a infraestrutura para a prática de vôlei de areia e frescobol. Nas águas cristalinas, a diversão fica por conta da flutuação em meio aos peixes coloridos, da tirolesa e dos passeios de caiaque e de pedalinho. O restaurante e o redário à sombra das figueiras garantem as mordomias.

 

 São tantas as atividades oferecidas em Bonito que, pra aproveitar um pouco de tudo, é bom fazer um planejamento.

Até porque quase todos os passeios são feitos exclusivamente por agências e é preciso agendar com antecedência (algumas atrações têm limite diário de número de visitantes. Os preços também variam de acodo com a exclusividade e a complexidade do programa). Quem optar por fazer rapel e mergulho no abismo Anhumas, por exemplo, deve reservar um dia inteiro para a aventura. Já a visita à Gruta do Lago Azul pode ser feita antes ou depois da imperdível flutuação, praticada em algum dos rios cristalinos e apinhados de peixes da região. E tem ainda arvorismo, passeio de bote, caminhadas nas estâncias repletas de cachoeiras com direito a almoço típico de fazenda... haja espaço na agenda!